Bom Sinal

VLT chega para fortalecer imagem da administração

Ter, 12 de Novembro de 2013 17:54

Lideranças do municipal se reuniram para acompanhar a chegada da primeira composição do Veículo Leve sobre Trilhos.

Ao reunir as principais lideranças da administração municipal, a chegada da primeira composição do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), ocorrida na manhã de domingo (4), garante um novo gás no processo de melhoria na imagem do governo.

» Curta a página da BOM SINAL no Facebook

Idealizado através da atuação da Câmara de Vereadores, e executado pela secretaria municipal de Mobilidade Urbana, o projeto levou três anos para ser desenvolvido, até que a primeira composição, fabricada pela empresa Bom Sinal, sediada no Cariri, pudesse circular, em fase de testes, nos trilhos macaenses.

"Nesse momento já foram gastos cerca de R$ 12 milhões para garantir a fabricação e a chegada da primeira composição. Essa é a concretização de um sonho que proporcionará melhorias significativas na realidade da população do nosso município", afirmou o secretário de Mobilidade Urbana, Jorjão Siqueira.

Para receber a composição, o governo municipal precisou garantir o início da preparação e manutenção dos cerca de 25 quilômetros de linha férrea, que interligam as regiões do Parque dos Tubos ao Lagomar.

Procedimento que deveria ter sido realizado durante o período de fabricação da composição, as intervenções na linha começaram a partir do trecho situado a margem da rodovia Amaral Peixoto, próximo a entrada do bairro da Glória, local preparado para o governo apresentar o equipamento a população, onde o VLT tocou o solo macaense exatamente às 11h36 minutos de domingo (4).

"Esse dia é histórico para Macaé. Agora vamos integrar o VLT a realidade do trânsito do nosso município, garantindo um novo modelo de transporte seguro e confortável para a população", afirmou o secretário de Governo, André Braga.

Após a apresentação da composição, realizada de forma simples, sem ampla divulgação, com a presença do prefeito Riverton Mussi (PMDB), de membros do movimento Ferrovia Viva e de lideranças políticas de partidos como o PRB, o VLT tocou o solo macaense com a expectativa de carregar, não apenas os 350 passageiros, referente a capacidade da composição, mas sim a expectativa de melhorias significativas em um dos serviços públicos mais criticados pela população."O VLT é uma realidade e o governo vai garantir todos os investimentos para que o transporte seja efetivado", declarou Riverton Mussi.

No mesmo dia em que o VLT chegou a cidade, com a previsão de transportar passageiros em seis meses, o governo municipal implantou o subsídio da passagem de R$ 1, possibilitando assim aos usuários a pagarem R$ 2 pela tarifa.

Além disso, a empresa SIT, responsável pelo serviço de transporte público colocou nas ruas 40 novos ônibus que integram a frota de cerca de 200 coletivos em operação das linhas municipais

Artigos relacionados

Dilma vê Ceará como motor do desenvolvimento do NE

A presidenta Dilma Rousseff é toda elogios ao dinamismo e à força do povo cearense. ...

O Jornal de Hoje – Portal JH – 02/12/2014

Primeira operação do VLT é aprovadíssima pela população potiguarVeículos Leves sobre Trilhos serão inseridos gradualmente no ...

Transformações urbanas

As obras físicas programadas para transformar Fortaleza numa das subsedes da Copa do Mundo de 2014 começam a ser anunciadas, ...
 

© 2013 Bom Sinal - Todos os direitos reservados

© Imagine Comunicação Digital