Bom Sinal

CBTU testa novo transporte público com veículos leves para o Litoral Sul

Ter, 12 de Novembro de 2013 17:41

Ele deverá substituir os trens antigos, que fazem o trajeto entre Cajueiro Seco, em Jaboatão dos Guararapes, e o Cabo de Santo Agostinho; a previsão é que comece a operar em março de 2012

A chegada das indústrias ao Porto de Suape mexeu com a vida de moradores de oito municípios do Litoral Sul do Estado. O trânsito foi um dos aspectos mais impactados com o aumento de caminhões e ônibus circulando nas principais vias de acesso à região.

» Curta a página da BOM SINAL no Facebook

Mas uma solução para o transporte público do local está a caminho: a Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) começou a testar o Veículo Leve sobre Trilhos (VLT). Ele deverá substituir os trens antigos, que fazem o trajeto entre Cajueiro Seco, em Jaboatão dos Guararapes, e o Cabo de Santo Agostinho.

Fabricados no Ceará, os novos trens são mais rápidos - podem chegar a 80Km/hora e mais confortáveis para os passageiros. O VLT é equipado com ar-condicionado, tem espaço para cadeirantes e assentos especiais para pessoas obesas. Cada trem possui três vagões e capacidade para transportar até 600 passageiros.

Veículos como este estão em operação no Sertão do Ceará desde 2009. O percurso de 13,5 quilômetros entre Juazeiro do Norte e Crato é feito em meia hora. São 40 viagens por dia.

Em Pernambuco, a CBTU espera contar com sete trens. As viagens de testes estão servindo para que os técnicos chequem todo o funcionamento do veículo.

Os sete trens vão custar R$ 70 milhões, e o valor total do projeto será de R$ 100 milhões. Nesse orçamento está incluída também a recuperação de toda a malha ferroviária. O dinheiro vem do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), do Governo Federal.

De acordo com o gerente de Comunicação e Marketing da CBTU, Justiniano Carvalho, os novos veículos devem começar a operar em março. Existe também um plano para estender o trem até Suape, que está sendo discutido com o Governo do Estado, disse.

Quando estiver em funcionamento, o VLT vai diminuir o tempo entre uma viagem e outra dos atuais 40 para 11 minutos. A previsão é começar a operar com quatro trens.

Artigos relacionados

Veja como o VLT livrou 20 cidades francesas do colapso no trânsit...

Trem e metro não são as únicas opções de transporte público de massa sobre trilhos. ...

Transformações urbanas

As obras físicas programadas para transformar Fortaleza numa das subsedes da Copa do Mundo de 2014 começam a ser anunciadas, ...

Metrô do Cariri Vence Prêmio Nacional de Sustentabilidade

O Metrô do Cariri, projeto do Governo do Estado do Ceará, foi o vencedor do Prêmio GreenBest 2011, na categoria Transporte, p...
 

© 2013 Bom Sinal - Todos os direitos reservados

© Imagine Comunicação Digital