Bom Sinal

VLT chega para fortalecer imagem da administração

Ter, 12 de Novembro de 2013 17:54

Lideranças do municipal se reuniram para acompanhar a chegada da primeira composição do Veículo Leve sobre Trilhos.

Ao reunir as principais lideranças da administração municipal, a chegada da primeira composição do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), ocorrida na manhã de domingo (4), garante um novo gás no processo de melhoria na imagem do governo.

» Curta a página da BOM SINAL no Facebook

Idealizado através da atuação da Câmara de Vereadores, e executado pela secretaria municipal de Mobilidade Urbana, o projeto levou três anos para ser desenvolvido, até que a primeira composição, fabricada pela empresa Bom Sinal, sediada no Cariri, pudesse circular, em fase de testes, nos trilhos macaenses.

"Nesse momento já foram gastos cerca de R$ 12 milhões para garantir a fabricação e a chegada da primeira composição. Essa é a concretização de um sonho que proporcionará melhorias significativas na realidade da população do nosso município", afirmou o secretário de Mobilidade Urbana, Jorjão Siqueira.

Para receber a composição, o governo municipal precisou garantir o início da preparação e manutenção dos cerca de 25 quilômetros de linha férrea, que interligam as regiões do Parque dos Tubos ao Lagomar.

Procedimento que deveria ter sido realizado durante o período de fabricação da composição, as intervenções na linha começaram a partir do trecho situado a margem da rodovia Amaral Peixoto, próximo a entrada do bairro da Glória, local preparado para o governo apresentar o equipamento a população, onde o VLT tocou o solo macaense exatamente às 11h36 minutos de domingo (4).

"Esse dia é histórico para Macaé. Agora vamos integrar o VLT a realidade do trânsito do nosso município, garantindo um novo modelo de transporte seguro e confortável para a população", afirmou o secretário de Governo, André Braga.

Após a apresentação da composição, realizada de forma simples, sem ampla divulgação, com a presença do prefeito Riverton Mussi (PMDB), de membros do movimento Ferrovia Viva e de lideranças políticas de partidos como o PRB, o VLT tocou o solo macaense com a expectativa de carregar, não apenas os 350 passageiros, referente a capacidade da composição, mas sim a expectativa de melhorias significativas em um dos serviços públicos mais criticados pela população."O VLT é uma realidade e o governo vai garantir todos os investimentos para que o transporte seja efetivado", declarou Riverton Mussi.

No mesmo dia em que o VLT chegou a cidade, com a previsão de transportar passageiros em seis meses, o governo municipal implantou o subsídio da passagem de R$ 1, possibilitando assim aos usuários a pagarem R$ 2 pela tarifa.

Além disso, a empresa SIT, responsável pelo serviço de transporte público colocou nas ruas 40 novos ônibus que integram a frota de cerca de 200 coletivos em operação das linhas municipais

Artigos relacionados

Trens brasileiros são movidos a diesel e aproveitam trechos já ex...

Parte da paisagem de cidades e capitais europeias como Barcelona, Paris e Lisboa, os VLTs (Veículos Leves sobre Trilhos) vive...

Metrô do Cariri Vence Prêmio Nacional de Sustentabilidade

O Metrô do Cariri, projeto do Governo do Estado do Ceará, foi o vencedor do Prêmio GreenBest 2011, na categoria Transporte, p...

CBTU testa novo transporte público com veículos leves para o Lito...

Ele deverá substituir os trens antigos, que fazem o trajeto entre Cajueiro Seco, em Jaboatão dos Guararapes, e o Cabo de Sant...
 

© 2013 Bom Sinal - Todos os direitos reservados

© Imagine Comunicação Digital